Lago Eyre, Austrália do Sul

Parque Nacional do Lago Eyre, SA. © SATC

Lago Eyre, Austrália do Sul

O Lago Eyre, no Parque Nacional do Lago Eyre situado cerca de 700 km ao norte de Adelaide, é um extraordinário oásis no implacável outback da Austrália do Sul. A bacia do Lago Eyre abrange impressionantes 1 milhão de quilômetros quadrados e atravessa a divisas da Austrália do Sul, Território do Norte e Queensland.

O Lago Eyre em si, que é na verdade dois lagos interligados por um canal, tem 144 km de comprimento e 77 km de extensão. É o maior lago salgado da Austrália, mas ele raramente está repleto de água. A região do Lago Eyre é também o ponto geográfico mais seco e mais baixo da Austrália.

Os proprietários tradicionais da região do Lago Eyre, o povo Arabana, viveu na bacia do Lago Eyre por milhares de anos. O lago continua a ser um importante local de cultura para o povo aborígene. O Lago Eyre recebeu esse nome em homenagem ao explorador Edward John Eyre, o primeiro europeu a vê-lo em 1840. Em meados de 1880, muitos colonizadores novos começaram a cultivar a região. Uma dessas fazendas, a Anna Creek, é agora a maior propriedade de gado da Austrália.

O nível de águas do Lago Eyre depende principalmente das monções anuais e de quanta chuva cai no reservatório do lago em Queensland e no Território do Norte. A força da monção tropical determina se a água chega até o lago e a quantidade de água que ele recebe.

A água desses três reservatórios estaduais cobre o lago aproximadamente uma vez a cada oito anos. O lago só esteve completamente cheio por três vezes nos últimos 160 anos. Quando o lago enche, ele cria um espetáculo natural incrível. O ar fica repleto com o som e a visão de inúmeras aves aquáticas que voam em bandos para a região. A paisagem, normalmente rude, ganha vida com as ricas cores das flores silvestres e um mar de folhagens verdes. Os diferentes níveis de água salgada podem ser vistos como padrões espirais de curso d'água que se estendem até onde as vistas conseguem alcançar.

À medida que o lago seca e a água evapora, sua salinidade aumenta e muitas vezes parece se ficar cor de rosa. Quando vazio, o lago se torna uma gigante bacia salina, com cristais brancos que refletem a luz do sol.

O melhor lugar para ver o lago a partir da terra é da Baía de Halligan. Depois das chuvas, você também pode aproveitar o lago de barco ou caiaque. Sem dúvida, a melhor maneira de apreciar esse vasto lago é pelo ar. Várias operadoras locais de turismo realizam voos panorâmicos sobre o lago, em especial quando está inundado. Há diversos outros lagos salgados na área, alguns dos quais são considerados patrimônio por seus fósseis raros.

O Parque Nacional do Lago Eyre está localizado 60 km ao leste de William Creek perto da Trilha Oodnadatta. A trilha só é adequada para veículos com tração nas quatro rodas e motoristas com experiência. Devem-se levar suprimentos extras de combustível, alimento e água. As estradas podem ser fechadas devido às inundações. A melhor época para visitar o local é de abril a outubro.

A partir do Parque Nacional do Lago Eyre você também pode visitar no outback a famosa cidade de Oodnadatta; a cidade das opalas de Coober Pedy ou o Deserto Simpson.

Mais ideias australianas