Plantas da Austrália

Wildflowers, Alice Springs, NT © Claire Takacs 2010

Plantas da Austrália

Estima-se que existam 27.700 espécies de plantas na Austrália, inclusive fósseis vivos como as cicadas e as xantorreias, e flores silvestres brilhantes como a waratah (telopeia), a ervilha do deserto de Stuart, as banksias e as patas de canguru.

Também temos cerca de 2.800 espécies de eucaliptos (gomíferas) e 1.000 espécies de acácias, que chamamos de "wattle". A Golden Wattle (wattle dourada) é o emblema floral da Austrália. Os eucaliptos são aproximadamente 80 por cento de nossas florestas. As acácias, melaleucas (árvore do chá), casuarinas (carvalhos-fêmea), callitris (pinheiro de cipreste), os mangues e as florestas tropicais correspondem aos outros 20 por cento.

Florestas
Florestas

Florestas

As árvores mais altas da Austrália podem ser encontradas no sudoeste da Austrália Ocidental, no Vale dos Gigantes. Tuartes gigantes, karris e jarrah em vermelho vivo, que vivem até 500 anos, podem ser encontrados aqui. Os 1.000 quilômetros da Bibbulmun Track atravessam várias florestas de jarrah, marri, wandoo, karri e tingle, além dos pântanos de importância internacional.

A floresta tropical temperada fresca da vida selvagem tasmaniana, parte do Patrimônio da Humanidade, contém algumas das árvores mais antigas do planeta, incluindo o raro pinheiro Huon.

O majestoso pinheiro Wollemi é um remanescente de uma paisagem de 200 milhões de anos, quando a Austrália, a Nova Zelândia e a Antártida estavam unidas como o supercontinente Gondwana. Acreditava-se que estava extinto há milhões de anos, até que foi descoberto por um excursionista em 1994. Existem menos de 100 árvores ao ar livre, crescendo nos desfiladeiros profundos da floresta tropical das Greater Blue Mountains.

Eucaliptos
Eucaliptos

Eucaliptos

As gomíferas (eucaliptos) são as árvores mais comumente associadas à Austrália. Elas são encontradas em áreas que vão desde as regiões subalpinas até as florestas costeiras úmidas, através dos bosques temperados e nas áreas secas do interior. As Greater Blue Mountains têm a maior variedade de espécies de eucalipto do mundo. Na verdade, as Blue Mountains recebem esse nome (Montanhas Azuis) devido ao brilho azul cintilante que ilumina o ar devido ao óleo das árvores. Nos Alpes australianos, os Eucalyptus pauciflora prateados e vermelhos se destacam na paisagem repleta de neve. Na Cordilheira Flinders, na Austrália do Sul, os eucaliptos vermelhos vivem nos leitos secos dos riachos. Os coalas se alimentam exclusivamente de determinadas espécies de eucaliptos.

Florestas tropicais
Florestas tropicais

Florestas tropicais

A floresta tropical já ocupou a maior parte do antigo supercontinente Gondwana e existem plantas primitivas encontradas nessa floresta que estão ligadas àquelas que cresciam há mais de 100 milhões de anos atrás. As florestas tropicais da Austrália se estendem pelo país e abrangem todo tipo climático. Na floresta tropical de Daintree, no norte de Queensland, está a mais antiga floresta tropical do mundo, com 135 milhões de anos. Extraordinários 13 tipos diferentes de florestas tropicais podem ser encontrados aqui. As florestas tropicais de Gondwana, no sudeste de Queensland e na parte norte de New South Wales, abrangem as maiores áreas de floresta subtropical do mundo, além de florestas de temperaturas frescas. Bolsões de floresta tropical seca vivem na região de Kimberley, na Austrália Ocidental. Existem florestas de monções no Parque Nacional Kakadu e exuberantes valas de samambaias na Cordilheira Otway, em Victoria.

Pântanos
Pântanos

Pântanos

Os pântanos atraem um grande número de pássaros migratórios ao Parque Nacional Kakadu e às Reservas da Biosfera da UNESCO do Parque Nacional Croajingolong e da Reserva Natural Nadgee, no sudeste da Austrália. A Austrália foi um dos primeiros países a ser signatário da Convenção de Ramsar sobre Pântanos de Importância Internacional, e a Península de Cobourg, no Território do Norte, foi declarado o primeiro local protegido pela Ramsar, em 1974. Hoje, a Austrália tem 65 locais protegidos pela Ramsar em todo o país, cobrindo cerca de 8 milhões de hectares.

Flores silvestres
Flores silvestres

Flores silvestres

As flores silvestres, inclusive as margaridas sempre-vivas, transformam as áreas áridas e de arbustos de savana da Austrália em tapetes coloridos durante as estações. De junho a setembro, mais de 12.000 espécies de flores silvestres podem ser vistas florescendo em toda a Austrália Ocidental. Do final de agosto até meados de outubro, mais de 100 variedades de flores silvestres podem ser vistas na Ilha Kangaroo, na Austrália do Sul, muitas delas exclusivas da ilha. Nos Alpes australianos, os prados alpinos explodem em massas de craspédias amarelas, Stylidiums rosas e margaridas da neve brancas e prateadas assim que a neve derrete.

A flora única da Austrália também inclui a família das Proteaceae de banksias (estercúlias), grevílias e telopeias (waratah). Cerca de 80 por cento das plantas e praticamente todas as espécies de Proteaceae encontradas no sudoeste da Austrália Ocidental não são encontradas em nenhum outro lugar do mundo. As charnecas ao longo da Great Ocean Road, em Victoria, são um dos locais mais ricos em orquídeas da Austrália.

As flores silvestres são espécies protegidas na Austrália, portanto, resista à tentação de arrancá-las!

Ideias australianas