Pedale pelo paraíso nas Blue Mountains

Pedale pelo paraíso nas Blue Mountains

Nada supera a adrenalina de disparar de bicicleta pelos despenhadeiros, canyons profundos e matas virgens da Blue Mountains.
Nada supera a adrenalina de disparar de bicicleta pelos despenhadeiros, canyons profundos e matas virgens da Blue Mountains.

As Greater Blue Mountains consideradas Patrimônio da Humanidade ocupam mais de um milhão de hectares. E mais, a floresta da região é tão densa que a árvore mais antiga do mundo – o pinheiro Wollemi – cresceu sem ser encontrado em um vale remoto até 1994.

Portanto, não é nenhuma surpresa que a área ofereça passeios de todos os níveis e distâncias. Aqui há milhares de quilômetros de trilhas de controle de incêndio, atravessando cadeias montanhosas na escarpa e descendo para vales. Sinta o ar fresco da floresta no seu rosto enquanto passa por cascatas, cenários estonteantes, canais repletos de samambaias e flores espetaculares. Essa é uma aventura revigorante ao ar livre.

 Você pode testar seu preparo físico nos 120 quilômetros de montanhas de Glenbrook a Wentworth Falls ou cruzar os 55 quilômetros da rota de Wentworth Falls a Glenbrook. Ela atravessa o sul das montanhas chamadas de labirinto azul, Blue Labyrinth, pelos primeiros exploradores da mata, confusos pelo labirinto de cadeias semelhantes e do mesmo tamanho.

Explore os mirantes do Jamison Valley ou siga pela rota do explorador George Caley em um passeio de carro de cinco horas pela Mount Banks Road. Desfrute de vistas arrebatadoras do basáltico Mount Banks e contemple o Grose River Gorge. Ao contrário de Caley, que desistiu de cruzar as Blue Mountains quando deu de cara com o denso Grose Valley, você não vai voltar para Sydney decepcionado.

Siga por estradas pavimentadas no tour Blackheath de 10 km que passa por Govets Leap, o mirante Evans, Pulpit Rock e Perrys Lookdown. Na Murphy’s Trail entre as Wentworth Falls e Woodford, você pode fazer uma parada no Ingar Picnic Ground. Você vai precisar de um descanso já que esse passeio de três a quatro horas inclui alguns trechos curtos de subida íngreme.

Passeie pelo matagal e pelas florestas de Kings Tableland no longo e desafiador percurso de um dia, da Wentworth Falls até o mirante McMahons. Daqui você pode ver o Lake Burragorang, que abastece de água a maior parte de Sydney.

Passeie de Hanging Rock a Blackheath, pulando barreiras de água e ao lado de paisagens de cartão postal. Faça um passeio de 30 km do Mount Victoria ao longo de trilhas históricas. Ou passe de duas a três horas na Katoomba’s Cliff Drive, após a famosa Three Sisters. As vistas do topo do despenhadeiro são tão espetaculares que você terá dificuldades em manter seus olhos na estrada.

Se você adora uma corrida, junte-se a centenas de ciclistas no percurso clássico Careflight Woodford to Glenbrook Cycle Classic de 25 km, na final de junho ou início de julho. Faça isso de olho na linha de chegada ou apenas por caridade, junto com ciclistas em fantasias loucas.

Queira você apenas admirar a beleza natural da região ou esteja em busca de adrenalina, nada supera as trilhas de bicicleta nas Blue Mountains.

Mais ideias australianas