Nascer do sol sobre os ícones do Patrimônio Mundial da Austrália

Nascer do sol sobre os ícones do Patrimônio Mundial da Austrália

'Nada se compara a ver a silueta da Sydney Opera House definida sol matutino no Sydney Harbour.'

O  viajado empresário japonês Hitoshi adora explorar locais do patrimônio da humanidade e “torna uma questão de princípio ver e fotografar o nascer do sol” onde quer que ele esteja. Hitoshi capturou amanheceres espetaculares em suas viagens internacionais, que ele faz regularmente a negócios, e ocasionalmente, a lazer. No entanto, este experiente viajante ficou encantando com a Austrália, onde viu o amanhecer sobre ícones do patrimônio mundial tais como Sydney Harbour e Uluru

"Cruzei o Sydney Harbour logo pela manhã para ver a Opera House, símbolo da cidade, do litoral norte.  Conforme o céu se iluminava, o formato impressionante do edifício surgiu, refletido na superfície do porto", disse Hitoshi. 

Para Hitoshi, que explorou a cidade a pé, foi uma introdução maravilhosa a Sydney. Ele caminhou pelo Circular Quay entre a icônica Opera House e a Sydney Harbour Bridge.  Ele também descobriu o histórico Queen Victoria Building, sede de cafés do velho mundo e centenas lojas de especialidades.  No Hyde Park, Hitoshi vagou ao longo de uma avenida ladeada de majestosas figueiras até o Túmulo do Soldado Desconhecido.   Ele caminhou até o vibrante centro de Surry Hills, com sua mistura de restaurantes, galerias, bares e butiques. 

De Sydney, Hitoshi voou direto para o Centro Vermelho da Austrália para ver o patrimônio mundial de Uluru. Aqui, ele participou de passeios diurnos e noturnos para apreciar a beleza vívida e em constante mudança de Uluru ao amanhecer e ao entardecer.   

"Tenho ótimas lembranças de tomar café da manhã enquanto via o Uluru banhado no vermelho do amanhecer, e jantar sob um dossel de estrelas."

As férias australianas de Hitoshi também o levaram a locais considerados patrimônio mundial de Melbourne até a Tasmânia.  Em Melbourne, ele visitou a Royal Exhibition Building, situada no bem-cultivado Carlton Gardens e é um dos pavilhões de exibição mais antigos do mundo.  Ele também viajou ao longo da acidentada Great Ocean Road, passando por praias de surfe, florestas emaranhadas e vilas pesqueiras até os Doze Apóstolos

Na Tasmânia, Hitoshi vagou pelas ruas de Salamanca Place em Hobart, escalou até o topo do Monte Wellington e mergulhou na história de presidiários de Port Arthur.   De Launceston, ele vagou pelo sertão urbano de Cataract Gorge e explorou o sertão considerado patrimônio da humanidade ao redor de Cradle Mountain. 

Hitoshi pretende visitar alguns locais do Patrimônio Mundial em suas próximas férias na Austrália.  A primeira parada será em Lord Howe Island, onde ele vai absorver a beleza natural em um passeio de caminhada. 



Leia mais histórias de férias australianas

Canberra, a cidade dos amantes da natureza
Um sonho de férias em Gold Coast
A lua-de-mel de Hobart - é tudo para os turistas de um dia
Maravilhas geológicas de Karijini
De Perth a Pinnacles
Nascer do sol sobre os ícones do Patrimônio Mundial da Austrália
Aventuras australianas – do Red Centre à Tasmânia
Diversão com a família em Margaret River

O mágico Kakadu está sempre mudando
Tangalooma, Ilha Moreton
Parque Nacional Tasman, Tasmânia
Kimberley: uma inesquecível história australiana
Valley of The Giants
Férias Australianas Inesquecíveis: Ilha Kangaroo
Férias na Tasmânia para se lembrar: Ilha de Bruny, Tasmânia
Diversão ao longo da Great Ocean Road
Wave Rock: uma maravilha da Australia Ocidental

Ideias australianas