Parque Nacional de Purnululu

Parque Nacional de Purnululu

Ele tem cerca de 350 milhões de anos e é reverenciado por seus guardiães aborígenes há mais de 40.000 anos. Mas o impressionante Bungle Bungle no Parque Nacional de Purnululu, listado como Patrimônio da Humanidade, era um segredo para o resto do mundo até 1983. Hoje, este labirinto de cúpulas de arenito listrado em laranja e preto, muitas vezes comparado a colméias gigantes, é uma das atrações mais preferidas de Kimberley. Faça um vôo panorâmico sobre a impressionante Bungle Bungle Range. Ou caminhe, acampe e passeie de 4x4 pelas maravilhas geológicas de Purnululu, e descubra a arte rupestre, a rara vida selvagem, as piscinas tropicais e os desfiladeiros escarpados.

O Parque Nacional de Purnululu fica em East Kimberley, cerca de 100 km de distância de Halls Creek e a 250 km de Kununurra. Passeios de helicóptero e de 4x4 saem de ambos municípios, ou você pode contratar um 4x4 e viajar para o parque em uma aventura dirigindo por conta própria. Você viajará ao longo da Great Northern Highway passando por um país cheio de gado, antes de chegar a uma trilha estreita e rude de 50km para ir até a entrada do parque. 

Apesar de estar tão perto de uma estrada principal, o Bungle Bungle Range era conhecido apenas pelos proprietários e pastores aborígenes locais, até que uma equipe de documentário chamou a atenção do mundo em 1983.  Atualmente ele é reconhecido como parte do Parque Nacional de Purnululu, que possui um total de 240.000 hectares e passou a ser listado como Patrimônio da Humanidade em 2003. 

Os limites de Bungle Bungle Range, que tomou o nome de uma fazenda nas proximidades, estão no sul do parque. Suas torres parecidas com colmeia atingem a centenas de metros à beira da cadeia de montanhas abrigam desfiladeiros cavernosos e piscinas de pedra rodeada de palmeiras. Faça um voo panorâmico de helicóptero sobre as suas incríveis formações rochosas de arenito, que teriam sido forjadas há mais de 350 milhões de anos a partir de sedimentos de um antigo leito de rio. As listras em laranja, cinza e preto, exclusivas, são o resultado de faixas alternadas de sedimentos, cada uma com diferentes tons de argila. 

Na parte sul do parque você também pode caminhar pela enorme Cathedral Gorge, conhecida por sua incrível acústica natural. Teste as suas cordas vocais aqui ou enfrente a trilha cênica para o Piccaninny Creek.  Faça um passeio de ida e volta de 3km  ou avance até a Piccaninny Gorge, onde você pode acampar durante a noite. No norte de Purnululu, desfiladeiros mais estreitos propiciam uma experiência completamente diferente. Uma caminhada fácil de 2km leva a Echidna Chasm, onde você pode olhar para cima com admiração para ver as paredes de pedra pura elevando-se a cem metros de altura em cada um de seus lados. Ou tente fazer uma caminhada de ida e volta de 5km até o Mini Palms Gorge, casa de grupos das palmeiras delgadas Livingstonia e de uma caverna de fertilidade aborígine tradicional. 

Estima-se que o povo aborígene tenha vivido na região há mais de 40 mil anos; além disso, o parque possui ricos e duradouros vestígios de sua ocupação. Locais de arte rupestre e de enterro antigos podem ser encontrados em todo o parque, que o povo aborígene de Djaru e Kija ajuda a administrar.  O nome Purnululu, que significa arenito, foi o nome dado à região por seus guardiães Kija tradicionais.

Não perca a oportunidade de vivenciar sua antiga casa, que acaba de ser descoberta por todos nós.  

Ideias australianas