Mergulho secreto em Queensland

Mergulho secreto em Queensland

Sua missão: descobrir o melhor ponto de mergulho em Queensland Seu área de cobertura: o mar.
Como um turista intrépido, você provavelmente não vê a hora de colocar a máscara e o pé-de-pato e assumir esta missão. Não é nada mau se você considerar o paraíso silencioso e colorido à sua espera no fundo do mar. Seja você um mergulhador experiente ou nunca tenha respirado embaixo d’água, você irá vibrar com esse cenário de agente secreto: um caleidoscópio de recifes, cardumes, recifes de corais e navios naufragados com abundante vida marinha tropical. No entanto, ao planejar sua missão, tenha em mente que a visibilidade costuma ser melhor de junho a agosto, e você pode precisar se proteger de vespas-do-mar entre novembro e maio.

Para explorar devidamente o fundo do mar, você precisa se despedir da terra firme por um tempo. Lembre-se de que a Grande Barreira de Corais fica bem na porta de Queensland. Estendendo-se ao longo da costa por mais de 2.000 km, esta maravilha reconhecida como Patrimônio da Humanidade é a maior extensão de corais vivos do planeta.

Como ela é tão gigantesca, a pergunta é onde começar a sua missão? Seja esperto e infiltre-se entre as multidões de turistas bronzeados de Cairns, a porta de entrada mais famosa do recife. Aqui você encontrará inúmeras escolas de mergulho e expedições de um dia ou com pernoites no mar. Você pode mergulhar com tubo de respiração ou tanque de oxigênio no recife da plataforma continental no Agincourt Reef, alimentar um bacalhau gigante no Cod Hole ou explorar as águas de uma coroa de corais isolada. Se você quiser mudar de base, pegue um dos barcos de expedições de mergulho ou reserve um resort nas ilhas Green, Fitzroy, Lizard, Dunk ou Bedarra. Você pode fazer mergulho exploratório no Coral Sea (Mar de Corais) mais ao norte de Port Douglas, onde a floresta tropical e o recife se encontram.

Quando for hora de seguir para o sul, dirija-se para a litorânea Townsville e a bela ilha Magnetic. De lá, você pode explorar o navio SS Yongala naufragado em 1911, assim como canyons, cavernas, canais e os sensacionais paredões subterrâneos nesta seção da Grande Barreira de Corais. No espírito da espionagem, os pontos de mergulho daqui têm nomes sugestivos como Fish Bowl, Corridor, Zoo, Magic Passage, Cabbage Patch e Atlantis.

O espetáculo fica ainda mais admirável quando você chega em Whitsundays – 74 ilhas tropicais com palmeiras praticamente inabitadas. Siga para a praia Whitehaven da Ilha de Hamilton, uma extensão digna de cartão postal, com areias brancas banhadas por águas azul-turquesa cristalinas. De lá, você pode comparar os pontos imaculados de recifes como Elizabeth, Black, Fairy, Net, Knuckle, Oublier e muito mais. Boa sorte na sua escolha. As águas mornas tornam o mergulho com tubo de respiração e tanque de oxigênio confortável o ano inteiro.

Continue em direção ao sul até chegar a Mackay, que oferece expedições de um ou mais dias para mergulhos com tubo de respiração e tanque de oxigênio. Siga para a ilha Scawfell desabitada e seus jardins de corais virgens ou explore o histórico navio 'Llewellyn', que só foi descoberto praticamente 80 anos depois de ter naufragado.

A Grande Barreira de Corais Central fica em uma área razoavelmente turística, portanto cabe a você decidir se quer explorar os jardins de corais rasos, pináculos, canais profundos, valas e cavernas. Recomendamos que você leve sua câmera submarina – há inúmeras cobras do mar cor de oliva, tartarugas marinhas gigantes vulneráveis e em extinção, tartaruga-de-pente e tartarugas verdes, enguias, tubarões e arraias manta para ver.

Explore os recifes de Capricorn e Bunker com as operadoras de mergulho do porto de Gladstone, ou como hóspedes paparicados das ilhas Heron e Wilson. No recife Fitzroy, você encontrará uma grande lagoa protegida repleta de estrelas do mar, corais de caranguejos, moluscos e outros tesouros marinhos. Experimente alguns dos melhores pontos de mergulho de correnteza no Wistari Reef, nade pela grande caverna de Harrie’s Bommie ou descubra recifes menos conhecidos próximos das ilhas Keppel, em Yeppoon.

Quando chegar à fotogênica Coral Coast mais ao sul da Grande Barreira de Corais, a vida normal parece ter ficado bem para trás. Mergulhe da costa no espetacular Woongarra Marine Park. Nade em meio a grandes peixes e canyons de corais de cores vivas próximos das ilhas de Lady Elliot e Lady Musgrave e não perca as maiores atrações da região – as tartarugas marinhas que fazem ninho e chocam seus ovos todas as noites entre novembro e maio no Mon Repos Conservation Park.

A Grande Barreira de Corais pode ter chegado ao fim, mas a sua missão continua. O sul de Queensland oferece um cenário de mergulho inteiramente novo para ser desvendado. Este mundo de recifes criados artificialmente por navios naufragados, com gigantescos peixes pelágicos e refúgios de plataformas rochosas vão da costa de Fraser até a Costa de Ouro. Observe golfinhos, dugongos, tartarugas marinhas, peixes e corais coloridos de recifes e até mesmo o raro tubarão-touro. Nade em meio a corais bommies e nas cavernas do recife de Flinders, observe a vida marinha que se instalou na antiga escotilha do HMAS Brisbane, ou mergulhe com tubo de respiração próximo da segunda maior ilha de areia do mundo, a ilha Moreton.

Você explorou a costa de Queensland desbravando um mundo marinho mais mágico do que você jamais poderia imaginar. Você mergulhou em águas rasas, em correntezas e em paredões, e nadou por lagoas, cavernas, jardins de corais e navios naufragados. Você se deparou com arraias manta, tartarugas, tubarões e peixes raros. Você colecionou mais aventuras submarinas do que Sean Connery em 007 contra a Chantagem Atômica, mas já tem alguma ideia de qual é o melhor ponto de mergulho em Queensland? Achamos mesmo que seria uma missão impossível.

Mais ideias australianas