Conecte-se à natureza da Cradle Mountain

Conecte-se à natureza da Cradle Mountain

Sinta-se inspirado na vastidão primaveril do amplo Cradle Mountain-Lake St Clair National Park.
Você se sentirá a milhões de quilômetros da vida moderna quando avistar os picos de doleritos recortados da Cradle Mountain nas águas espelhadas do Dove Lake. É a visão da natureza que atrai turistas para o Cradle Mountain-Lake St Clair National Park declarado Patrimônio da Humanidade por diversas vezes.

Formado por forças glaciais durante a Era do Gelo, o parque tem vegetação diferente de tudo o que você pode encontrar no continente australiano. Caminhe pelo silencioso e espelhado Dove Lake, passando por cachoeiras e pelas murtas e pencil pine (Athrotaxis cupressoides) da Ballroom Forest. Ou faça uma das caminhadas de uma a cinco horas que incluem Hanson’s Peak, Twisted Lakes, Lake Rodway e Lake Lilla.

Claramente, a caminhada mais famosa do parque é a de seis dias de Overland Track a Lake St Clair. A trilha é um verdadeiro desafio e uma excelente forma de mergulhar no cenário majestoso e em constante modificação da região. O número de pessoas que caminham é limitado por razões ambientais; portanto, você precisa reservar sua visita aos Tasmania Parks and Wildlife Service com antecedência. Ao planejar, lembre-se de que não deve tentar fazer a caminhada no inverno, em junho, julho e agosto quando você pode ficar preso em nevascas. Em abril, é possível observar a espetacular mudança de cores nas faias decíduas.

A caminhada começa em Waldheim Chalet no Cradle Valley, onde você pode ver wallabies (pequenos cangurus) e wombats se alimentando na grama. Caminhe até o topo da Cradle Mountain através de gramados de buttongrass e campos de ervas. Do topo de 1.545 metros, você pode observar o Dove e o Crater Lakes Crater Lake e ver vales, planaltos, charnecas e florestas que se espalham por 80 quilômetros. Foi esta vista que inspirou o austríaco Gustav Weindorfer a iniciar a campanha para a área ser um “parque nacional para os povos de todos os tempos”. Isso foi em 1912, e o parque foi declarado Patrimônio da Humanidade em 1982.

Enquanto desce pelas regiões montanhosas acidentadas, você verá porque Gustav ficou tão inspirado. É uma natureza diversificada e rara e, na maior parte das vezes, você pode desfrutar de tudo isso só para você. Os únicos transeuntes são outros caminhantes, pequenos cangurus, sariguês curiosos e os tímidos e noturnos wombats. Após alguns dias na trilha, a politicagem de escritório e a violência no trânsito podem parecer fazer parte de outro mundo. Passe a noite em cabanas, incluindo a bem equipada Pelion Hut na metade da trilha e a Du Cane, que já foi a residência do caçador de peles Paddy Hartnett e sua esposa. No final da primavera e no verão, a floresta de Leatherwood fica recoberta de grandes flores brancas.

Escale o Mt Ossa, a montanha mais alta da Tasmânia, e visite as cachoeiras de contos de fadas D'Alton, Fergusson e Hartnett. Explore as florestas mágicas de murtas e veja exemplares de árvores de faia com mais de 60 milhões de anos. A sua jornada termina em um cruzeiro pelo Lake St Clair, o lago mais profundo da Tasmânia e uma caminhada por lagos e rios de áreas montanhosas. Você também pode nadar se conseguir aguentar as revigorantes águas gélidas do lago.

Você se sentirá vivo desbravando ou não as águas. E mais, mesmo quando retornar para o estilo de vida moderno, sempre carregará com você um pouco dessa tranquilidade especial de Tasmânia.

Mais ideias australianas