Caminhando pela natureza selvagem da Tasmânia

Caminhando pela natureza selvagem da Tasmânia

De caminhadas tranquilas a aventuras épicas, a melhor forma de vivenciar a natureza da Tasmânia é a pé.
Vá colocando um pé na frente do outro por um longo tempo e você pode acabar esquecendo de onde veio. É claro, ajuda se você tiver à sua frente a natureza épica e milenar em constante transformação que fez da Tasmânia um santuário para praticantes de caminhadas de todas as partes do mundo. Praticamente metade desse pequeno estado panorâmico é protegida por parques e reservas e 20% são considerados Patrimônio da Humanidade. Os 17 parques nacionais são cruzados por milhares de quilômetros de trilhas que vão de temerárias a oníricas. Longas e curtas, suaves e enormes, veja aqui algumas das fantásticas caminhadas pela Tasmânia que podem lhe permitir deixar tudo para trás.

De Hobart
De Hobart, seus 20 minutos até o escarpado Mount Wellington, onde as caminhadas de 3 a 4 horas pelo Organ Pipes Walk levam você até o topo dos elevados penhascos de dolerito com o mesmo nome. Ao leste de Hobart, na ilha próxima de Bruny, você pode caminhar pela trilha costeira até a Penguin Island, partindo da Adventure Bay ou subir as escadarias de madeira até Neck Lookout para fantásticas vistas do oceano. Você logo verá por que o diretor Baz Lurhmann recomendou este local. Ao longo da costa leste, temos o Tasman National Park, onde você pode passar dias explorando os penhascos litorâneos de padrões estriados e gigantescas montanhas rochosas. Se só tiver um dia, passe uma hora na caminhada pelo penhasco até a Waterfall Bay ou faça três a quatro caminhadas pela panorâmica e remota Bivouac ou Fortescue Bay. Ao oeste de Hobart fica a imensidão natural e vasta do South West National Park. Faça uma caminhada de um dia até o Lake Judd esculpido em gelo ou teste sua determinação nas trilhas Port Davey Track de 70 km e South Coast Track de 85 km até a remota Melaleuca. Daqui você terá que pegar um barco ou avião para percorrer a mesma distância de volta!

Ao longo da costa leste
A melhor forma de mergulhar na beleza revigorante da costa leste da Tasmânia é a pé. Siga para o leste de Hobart até Triabunna, onde poderá pegar uma balsa para a Maria Island. Sem carros ou lojas, esse é um santuário tranquilo para as caminhadas pela mata. Faça uma caminhada leve até Fossil Cliffs ou encare uma trilha mais difícil de quatro horas até o topo da montanha. Volte para a terra firme e siga até a Coles Bay. De lá, você pode fazer uma curta caminhada cruzando o Hazards no Freycinet National Park. É íngreme, mas você será recompensado por uma vista espetacular da Wineglass Bay. Passe cinco minutos ou cinco horas passeando pelas Friendly Beaches ou dê a volta em torno da Hazard Mountains até Hazards Beach no circuito da Península Freycinet de 30 km. Mais adiante, no Douglas-Apsley National Park, caminhadas de todas as durações levam você por rios, quedas d’água, florestas tropicais e eucaliptos e pinheiros. De St Marys, você pode escalar até o topo do St Patrick’s Head ou pegar a subida mais fácil até o topo do South Sister Peak. A próxima parada é St Helens, na entrada da Bay of Fires. Daqui você pode fazer uma caminhada de dois dias por entre praias desertas, vestígios aborígines e rochas cobertas de musgo. Acampe e passe a noite nas dunas de areia e visite a Eddystone Lighhouse, antes de chegar a um hotel ecológico remoto com vistas para o oceano. Você terá o descanso merecido, depois de caminhar praticamente até Launceston.

De Launceston e o noroeste
De Launceston, o país das maravilhas das caminhadas do Cradle-Mountain-Lake St Clair National Park fica a pouca distância. Siga por 20 minutos pela Enchanted Walk, atravessando a floresta tropical milenar e mágica ou reserve uma hora ou duas para passear do Dove Lake até a Cradle Mountain. Caminhe pelo topo da Cradle Mountain em uma trilha de caminhada de oito horas para retornar ou aventure-se na trilha Overland Track de oito dias. Você percorrerá montanhas de doleritos e cachoeiras até o sul, chegando ao lago natural mais profundo da Austrália, o Lake St Clair. Mais ao sul, no Franklin-Gordon Wild Rivers National Park , há uma curta caminhada de volta até o Mirante de Donaghys ou uma recompensadora caminhada de vários dias até Lake Tahune, sob o pico do Frenchmans Cap. Da Queenstown, você encontrará as ruínas da cidade de Pillinger em meio a uma floresta de samambaias exuberantes no final de uma antiga estrada de ferro.

Louco para começar sua caminhada pela natureza de deixar tudo para trás? A Tasmânia – em todo o seu esplendor natural e selvagem – espera por você.

Mais ideias australianas