Costa do oeste selvagem da Tasmânia

Costa do oeste selvagem da Tasmânia

Na costa oeste da Tasmânia, a aventura ilimitada é o jeito natural de aproveitar as férias. Estabeleça sua base na cidade pesqueira de Strahan, que fica no fim do mundo e oferece lindas paisagens. Em seguida, desça as corredeiras do furioso Franklin River em um bote, faça um cruzeiro ou passeie de caiaque pelo tranquilo Gordon River. Caminhe por pinheiros Huon de mil anos de idade em uma das últimas florestas temperadas do mundo. Sobrevoe a natureza selvagem em um helicóptero, pegue um trem histórico que parte de Queenstown ou veleje pelo Macquarie Harbour. Esta área também tem uma rica história humana com muitas camadas – de condenados, pioneiros, lenhadores, mineradores e, mais recentemente, ativistas ambientais.

É uma viagem de carro de três horas, partindo de Devonport, ou de 4,5 horas de Hobart a Strahan, no vasto Macquarie Harbour. Esta é a entrada principal para o Franklin-Gordon Wild Rivers National Park, considerado um Patrimônio da Humanidade, e onde os violentos rios Collingwood e Franklin se agitam pela floresta tropical rochosa e se encontram no Gordon River. Para ter uma aventura verdadeiramente memorável, participe de um passeio de botes nas corredeiras no Franklin River. Você surfará em corredeiras e formações rochosas, vales profundos e penhascos lisos, cobertos de musgo. O passeio fica mais suave ao sul, quando o Franklin River acalma e se funde com os rios mais baixos, Picton e Huon.

Aprecie o cenário em um ritmo mais calmo em um cruzeiro pelo Gordon River. Partindo de Strahan, chegue aos pontos mais remotos de Macquarie Harbour e explore as ruínas de Sarah Island, a colônia penal mais antiga da Tasmânia. Você verá por que condenados mantidos neste lugar árido e sombrio batizaram a entrada do porto de ‘Hell’s Gates’ (Portões do inferno). Desça o Gordon River passando pela densa floresta temperada, parando para caminhar entre os imponentes e antigos pinheiros Huon, que já foram usados na construção de navios. O guia da excursão compartilhará histórias sobre os protestos ambientalistas de 1982 e 1983 que impediram que o selvagem Franklin River fosse permanentemente represado. Volte de barco para Strahan ou estenda sua viagem com uma viagem de caiaque que parte de Heritage Landing. Reme contra a corrente nas águas escuras e tranquilas do Gordon River, avistando ornitorrincos e pássaros aquáticos e pausando para fazer um piquenique em uma praia às margens do rio.

Quer mais? Veleje pelo Macquarie Harbour ou precipite-se sobre a natureza selvagem secreta e diversificada em um voo panorâmico de helicóptero. Corte a montanha de Strahan até Queenstown no trem a vapor original que transportou cobre das minas de Queenstown. Pare em algumas das estações originais e ouça os guias locais contando a história de mineração da região.

Estique as pernas em caminhadas pelo Franklin-Gordon Wild Rivers National Park. Siga a curta trilha natural pelo Franklin River pelas margens recobertas de floresta tropicais ou deslumbre-se com o cenário majestoso no mirante de Donaghy. Caminhantes altamente experientes e preparados podem até encarar a árdua caminhada de 3 a 5 dias até o cume do Frenchmans Cap. Como alternativa, comungue com a vida selvagem em uma aventura de quatro dias na qual você veleja, anda de caiaque e acampa.

Partindo de Strahan, você também pode pegar um barco a jato descendo o King River e partir em um veículo por terra pelas dunas de areia de Henty, em Ocean Beach. Faça um passeio pela operação de reflorestamento no Platô Teepookana, onde tocos e galhos de pinheiros Huon deixados pelos primeiros lenhadores são resgatados e replantados. De uma ponte giratória, veja Montezuma Falls, a cachoeira mais alta da Tasmânia, próximo a Roseberry. Faça um piquenique próximo ao Lake Burbury, um dramático lago orlado por montanhas e florestas consideradas um Patrimônio da Humanidade.

Você pode escolher sua própria aventura para libertar sua alma aqui na selvagem e maravilhosa costa oeste da Tasmânia.

Mais ideias australianas